sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Capítulo 2 - Um Passeio a Cavalo - fanfiction "História Inesquecível"

Como o Benji era o único que me faltava conhecer, o Oliver decidiu acompanhar-me até casa dele, pelos caminhos de França.
A Casa do Benji ficava rodeada por uma densa floresta, que me fazia lembrar os contos de fadas, situava-se numa zona pitoresca de França, parecia um palácio, era enorme, as suas paredes tinham um tom azulado, era revestida por enormes janelas, um jardim a toda a sua volta, bastante florido e colorido, era Primavera em França. O cheiro doce transportava um novo aroma, o aroma do amor…
Entrámos pelo grande portão de entrada, não vimos ninguém nas redondezas daquela enorme casa, será que ele não estava?
Um som ritmado vindo de trás da casa fazia-se ouvir naquele sossego envolto por arvoredo e pelo doce cheiro da Primavera, era o Benji que treinava arduamente no relvado de sua casa.
O seu cabelo era negro e curto, os seus olhos eram profundos e calmos, ele transmitia serenidade, essa era uma das características que ele possuía para ser um brilhante guarda-redes, a calma. Também era bastante bonito e estava em excelente forma física.
O Oliver que me tinha vindo a acompanhar, aproximou-se um pouco mais do recinto controlando a bola com os pés, eu não fazia ideia do que ele iria fazer…mas assim que o vi a erguer bem alto a sua perna, percebi que ele iria fazer um remate poderoso e cheio de efeito. E assim aconteceu a bola foi em direcção ao Benji, o remate do meu irmão estava a ficar com cada vez mais precisão e potência.
Por incrível que possa parecer o Benji defendeu o remate sem nenhuma dificuldade, mesmo sem ver de onde aquela bola tinha aparecido, ele era mesmo um excelente guarda-redes, apenas precisou de ouvir o ruído da bola a trespassar o ar a grande velocidade para saber qual era a sua trajectória.
Era incrível, a selecção japonesa contava com grandes jogadores, incluindo o meu irmão.
Alguns dos nomes sonantes eram: Toby Misaki (que formava a magnifica dupla de ouro com o meu irmão); Mark Landers, cujo seu remate era apelidado de “Remate de Tigre”; Philip Matsuyama, também um excelente jogador; Julian Ross (o rapaz que estava impossibilitado de jogar por causa da sua doença de coração); eram ambos corajosos e lutavam com unhas e dentes pela vitória da sua equipa.
O Benji dirigiu-se até ao meu irmão com o chapéu a tapar-lhe o seu bonito rosto dizendo com um sorriso nos lábios: És sempre o mesmo… Oliver.
- Olá Benji – disse ele com um sorriso a impregnar-lhe a alma, o meu irmão passava a vida com um sorriso nos lábios, mas ele estava diferente, tinha amadurecido, o amor pela Sanae tinha-o modificado completamente…
O Benji ergueu o seu rosto para observar melhor quem vinha a acompanhar o seu amigo, fiquei um pouco constrangida, mas foi momentâneo, o Oliver tratou imediatamente de me apresentar: Benji esta é a minha irmã, a Daniela, Daniela Tsubasa.
- Olá Daniela, muito gosto… - disse o Benji com um sorriso simpático.
- Olá Benji - disse eu com um pouco de receio na minha voz, todos diziam que ele era bastante exigente e às vezes um pouco antipático, mas a mim pareceu-me bastante amigável, por isso com alguma vergonha perguntei: Posso pedir-te uma coisa?
- Claro diz – proferiu ele prontificado a ajudar no que fosse preciso.
- Tens cavalos? É que eu adoro cavalos… - disse eu com a felicidade a encher-me as cordas vocais.
- Sim tenho – disse ele com um pouco de riso na voz, a minha expressão deve ter provocado aquela reacção, não havia ninguém no Mundo que gostasse mais de cavalos do que eu; ele prosseguiu: se quiseres, posso mostrar-tos.
- Adoraria – disse eu sentindo os meus olhos a brilhar, ele começou a andar em direcção ao descampado, ao longe conseguia vislumbrar uma enorme cavalariça, os meus olhos depararam-se logo com uma mancha branca ágil e que corria com muita graciosidade, por aquele terreno, era uma bonita égua.
Os meus olhos prenderam-se no seu movimento gracioso, o Benji reparou e disse: Bem aquela ali é a Saphira, a minha égua branca…
- Posso monta-la e ir dar um passeio por França para conhecer melhor a cidade? – Disse eu num tom de imploração.
- Claro que sim – respondeu ele com um sorriso nos lábios.

---

O Benji colocou a sela na Saphira, depois disso ajudou-me a montá-la, eu agarrei nas rédeas e sai pelos portões à velocidade do vento, é claro que agradeci ao Benji, mas se calhar foi um pouco imperceptível, eu já estava muito longe.
Lá andava eu pelas ruas de França, andando a trote com a Saphira, que era uma bonita égua, deparei-me com um belo rapaz também montado num cavalo branco, mas o deste era macho, o rapaz que o montava tinha os cabelos loiros e compridos, os seus olhos eram de um azul-turquesa que com a luz do Sol pareciam ganhar o brilho das ondas do mar, ele lançava-me um olhar cálido e sereno, o seu rosto era pálido, eu podia jurar que um anjo tinha aparecido há minha frente. Não conseguia desviar o meu olhar do belo rapaz, era impossível; os olhos dele também estavam pousados em mim.
Ele e o seu cavalo aproximaram-se mais de mim e da Saphira, ouvi o som da sua voz, que tinha um timbre extremamente calmo e um ritmo calmo: Olá, como te chamas?
Senti um estranho calor a aflorar-me o rosto, mas respondi na mesma: Eu chamo-me Daniela Tsubasa.
O seu rosto adquiriu uma expressão de espanto quando eu pronunciei o nome “Tsubasa”, ele ficou admiradíssimo, mas prosseguiu com o seu interrogatório: És irmã do Oliver Tsubasa, não és?
- Sim – respondi eu quase automaticamente, o meu coração parecia sufocar de tão rápido que ele batia.
- Devo já dizer que ele tem uma irmã muito bonita – eu ainda fiquei mais corada, o meu rosto tomava agora a cor de um vermelho fogo, mas eu tinha de ripostar por isso, disse: obrigada. Mas na verdade não sei o teu nome… Como te chamas?
- Chamo-me Piérre Gerard – respondeu ele com um sorriso nos lábios, com a curiosidade a impregnar-lhe a voz ele perguntou: Qual é o nome do teu cavalo?
Eu ri-me da sua pergunta e respondi ainda com uma réstia de riso na voz: Não é um cavalo, é uma égua, chama-se Saphira – ele ficou espantado a olhar para mim, por causa do meu ataque de riso, o sua expressão do rosto havia ficado tão engraçada que eu não resisti em soltar mais uma gargalhada, eu prossegui com o meu discurso: Já vi que não percebes muito de cavalos, já agora como se chama o teu cavalo?
- Ah acertaste, ele é macho, chama-se Eragon – respondeu ele finalmente percebendo o significado do meu riso.
Agora era a minha vez de o deixar envergonhado, como ele me tinha feito anteriormente foi por isso que eu disse: Devo dizer que o dono do Eragon é muito bonito.
Para meu espanto ele não ficou nem um pouco incomodado e respondeu com toda a sua naturalidade: Obrigado – ele já deveria estar habituado, já o tinha visto em varias capas de revista, a vida de jogador de futebol é bem dura, aliás o meu irmão é prova disso.
Eu estive a pensar um bom bocado se havia de o convidar ou não para ir lá a casa conhecer o resto da equipa japonesa, mas decidi fazê-lo, quer o meu irmão leva-se a mal ou não: E que tal se viesses comigo, podia apresentar-te a equipa japonesa… queres?
- Sim acho uma óptima ideia – respondeu ele com um sorriso a iluminar o seu rosto perfeito.

12 comentários:

  1. Uau está mesmo bonita!!
    Amei completamente :)
    E adoro o facto de entrarem cavalos nesta fanfiction porque eu adoro, mas não sei muita coisa sobre eles!! lol XD

    ResponderEliminar
  2. pois eu sei fui eu que a escrevi se precisares de xaber alguma coisa sobre eles diz .... ana rita
    pessoal eu n me importo que nao ponham comentarios na minha fic mas nao desistam de visitar o blog

    ResponderEliminar
  3. Eu Amei, daniela tens muito, mas mesmo muito geito! Continua assim!!

    ResponderEliminar
  4. Esta mesmo lindo!!!! OS CAVALOS ENTRARAM NUMA FANFICTION!!!! A PRIMEIRA FANFICTION COM CAVALOS...

    os cavalos sao os melhores animais que já conheci!!

    I LOVE HORSES FOREVER UNTIL NEVER MORE! <3

    ResponderEliminar
  5. Tudo fãs de cavalos, também sou!
    Daniela, escreves muito bem, continua assim :)

    ResponderEliminar
  6. tens muito talento por isso continua assim... nao desiludas as tuas fãs :)

    ResponderEliminar
  7. AMEI!! Estou a amar esta fanfiction. A minha grande paixao desde pequena sao os cavalos, pratico equitaçao e Adoro mesmo muito os cavalos.

    É verdade Joana_trindade_tsubasa é a primeira fanfiction com cavalos e eles sao defenitivamente os melhor animais do mundo!

    AMEI mesmo muito, Daniela muito obrigda por pores cavalos neste episodio da fanfiction!

    ResponderEliminar
  8. Está linda!
    Adorei a intervenção de novas personagens!
    Muitas parabéns Daniela, continua a escrever assim!!!
    Beijinhos a todas (os)

    ResponderEliminar
  9. Eu acho que está muito má.
    Estava a gozar está fantástica, adorei.

    ResponderEliminar
  10. Lindaa :D
    Visitem o meu blogue just-my-secret-diary.blogspot.com
    Amei!!! Continua assim!!!

    ResponderEliminar