quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Vencedores Desafio Fã do mês - Setembro

Temos quatro vencedores (as), cada um (a) com 3 respostas certas.

Os vencedores (as) foram:

• “Fã da série”

• Verónica

• Maria Fernandes

• “Anónimo”

E as respostas correctas eram:

1- a) e d)

2- b)

3- c)

4- c)

Pois é a terceira pergunta tinha rasteira eu perguntei para onde se mudou Oliver, e não para onde foi Oliver para se tornar jogador profissional. Por isso a resposta era Nankatsu e não São Paulo. :D

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Programação RTP2


 Estive  a ver agora a programação da RTP2 e no dia 2 de Outubro (este Sábado) ao 12:30 vai passar no canal "Capitão Tsubasa: Tudo ou Nada" (filme animação).



Acho que já deu.... a não ser que a RTP2 tenha trocado o nome, mas deve ser o filme que falta de Capitão Tsubasa! Espero que gostem.

Eu cá vou ver!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Captain Tsubasa abertura Fandub (Português)

Encontrei este video no youtube... e achei engraçado.

video



Letra:

Olha com atenção, o ás está a chegar

Entrou na cidade, ninguém o pode parar
Dança o samba, zigzag samba
Todos correm atrás dele depois d'ouvir o rumor!


E nós corremos atrás dele também
A bola sempre a girar
Ninguem a pode parar


Corre, corre, corre
Chuta a bola e corre
Eu vou marcar com o remate relâmpago!
E então, eu serei um super-herói!


Corre, corre, corre
Chuta a bola e corre
Arde no coração, jovem campeão!

Resultados da sondagem

Pois é meus caros leitores... Ozora significa vasto céu.
88% (15 votos) dos nossos leitores diz que significa vasto céu.
5% diz que é água (1 voto),
e os outros 5% diz que é Fogo (1 voto).
Mas acaba por ter lógica... se Ozora significa Vasto Céu e Tsubasa quer dizer Asa, ele usa "as suas asas para voar no vasto céu", vasto céu pode significar o longo caminho que ele tem de percorrer para alcançar o seu sonho (ser o melhor jogador de futebol do Mundo).
Dêem a vossa opinião!:D

Com os melhores cumprimentos
A administradora do Blog:
Ana Silva



Alguns exemplos:

As asas (Tsubasa) e volto a repetir a afirmação do Roberto: Tsubasa quer dizer asa, usias para voar pelo Mundo (pode-se entender por vasto céu ou seja "Ozora" que ele tem de percorrer com as suas asas "Tsubasa").


Quando executa o remate de bicicleta parece que voa bem alto, só se vê céu á sua volta.


E Quando se prepara para um grande remate os seus braços parecem que se abrem em forma de asas, e como vêem, o pano de fundo continua a ser o céu.

10º Capítulo - O Pesadelo - fanfiction "Cada Dia Que Passa"

O Oliver ouve a palavra campo de futebol e corre para a porta:
Oliver: campo de futebol a onde???
Patty: Oliver…
Oliver: ups… pois é pessoal fica para a próxima.
Volta para ao pé da Patty…
Patty: Não me ias deixar aqui sozinha? Pois não?
Oliver: Não claro que não… alguma vez te ia deixar sozinha com estas pestes nem pensar…
Patty: hum, é melhor ires a casa. Deves estar de rastos aproveita e descansa um pouco.
Oliver: Não… eu estou bem.
Patty: sim… mas vai a casa toma um duche e depois volta… ah e não te esqueças de trazer as minhas coisas… fazes isso por mim?
Oliver: hum está bem mas volto logo! Adoro-te.
Patty: também te adoro…
O Oliver dá-lhe um beijo na testa e vai-se embora.
O Oliver volta ao hospital:
Oliver: Voltei! Patty? Patty?
Ela estava a dormir.
Oliver: Adormeceu… devia estar super cansada.
De repente a Mia acorda, o Oliver pega nela: O que foi minha pequenina? O que se passa? Han? Pronto, pronto já passou.
A Mia adormece nos braços do Oliver, ele mete-a no berço e arranja um espaço ao pé da Patty e deitasse ao pé dela.
Passado algumas horas, a Patty começa a mexer-se muito e o Oliver acorda: hum? O que se passa? Que se passa? Patty estás bem? Patty?
A Patty acorda sobressaltada:
Patty: Oliver? Onde estás?
Oliver: Estou aqui, o que se passou?
Patty: bem é que eu tive um pesadelo…
Oliver: um pesadelo? Foi assim tão horrível?
Patty: sim…
Oliver: mas então porquê? O que se passou nesse pesadelo?
Patty: bem… é que… eu sonhei que tinha perdido as coisas mais importantes da minha vida.
O Oliver dá-lhe um abraço: Pronto, não é preciso ficares assim… eu estou aqui.
Os dois adormecem abraçados.

sábado, 25 de setembro de 2010

Desafio fã do mês! - Setembro

Qual é o maior sonho de Oliver Tsubasa? (podem escolher mais que uma resposta)


a) Ser o melhor futebolista do Mundo
b) Vencer Benji Price
c) Viajar por todo o Mundo
d) O Japão vença o campeonato do Mundo


Quais são as equipas que Oliver já frequentou?

a) San Francis, Toho e Furano
b) Newpie, New Team, Selecção Nacional de juniores do Japão, FC Brancos, FC Barcelona
c) Benfica, Sporting e FC Porto


Para onde se mudou Oliver?

a) Lisboa
b) Porto
c) Nankatsu
d) São Paulo


Qual o nome original de “Oliver Tsubasa”?

a) Pedro
b) Daichi Ozora
c) Ozora Tsubasa
d) Takeshi Tsubasa

Desafio fã do mês!

A pedido de uma das nossas leitoras, a partir de agora, todos os meses vao ser lançados desafios "fã do mês".
Consiste em nós postármos algumas peguntas sobre a serie e quem acertar em mais repsostas é eleito o fã do mês, mensalmente.


P.S: as perguntas normalmente sao de escolha multipla, poderá haver uma ou outra que nao mas na maioria vão ser... as respostas sao dadas nos comentarios. Se tiverem alguma duvida é so perguntarem ;P

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

6º Capitulo - A Despedida - fanfiction "Juntos Para Sempre"

O dia da partida de Oliver tinha chegado.
A Patty estava à espera dele na paragem, ela não tinha conseguido ficar sem se despedir dele.
Peço-te Patty, não te venhas despedir de mim… seria demasiado complicado para mim e para ti também… – Pensava a Patty lembrando-se do que Oliver lhe tinha dito no dia anterior.
O Oliver chega e diz surpreendido: O que fazes aqui?
Patty: Desculpa Oliver mas não consegui, não quero que te vás embora Oliver, não consigo viver sem ti, Nankatsu já não vai ser a mesma sem ti.
Oliver: Patty…
Patty: Eu sei que tens de ir… mas posso ao menos despedir-me de ti? – Abraça-o.
O Oliver retribui o abraço.
Oliver: Patty… Eu só não queria que viesses despedir-te de mim porque isso ia fazer-te sofrer, e eu não gosto de te ver sofrer assim. Patty, nunca, mas nunca, ouviste bem? Nunca irei esquecer-te. Vou levar-te para sempre comigo no meu coração, esteja onde estiver, estarei sempre a teu lado… Eu amo-te.
Patty: Oliver… – Começa a chorar.
Oliver (a chorar também): Patty nunca me esquecerei de ti – dá-lhe um beijo na testa – Prometo.
O auto-carro que o vai levar ao aeroporto chegou, ambos sentem o mesmo sentimento, de dor e tristeza.
Olham um para o outro, e os dois beijam-se apaixonadamente.
Oliver: Adeus Patty…
E ele parte em direcção ao aeroporto.
Ela fica ali a olhar na direcção que o auto-carro partiu, sentindo um vazio por dentro, o mundo dela tinha acabado de desabar, só tinha vontade de chorar… Então ficou ali parada a olhar… e quando deu por ela, já tinha anoitecido, ela tinha adormecido encostada ao sinal da paragem. Até que aparece alguém:
Numi: Patty, Patty estás bem? Patty acorda… o que aconteceu amiga, conta-me por favor.
Patty: Oliver… Ele foi-se embora, ele foi-se embora – dizia ela apontando debilmente para a direcção em que Oliver partira, ela delirava, estava a arder em febre – Oliver… não te vás embora por favor… Oliver…
Numi: Não estás nada bem – levanta a Patty e apoia-a – estás a escaldar Patty, vou levar-te a casa, tens de descansar…
A Patty não respondeu, continuou a alucinar…
Em casa da Patty:
Mãe: Ai Meu Deus! Mas o que aconteceu? – Perguntava a mãe aflita.
A Numi deita a Patty no sofá.
Numi: Não sei… encontrei-a assim ao pé da paragem de auto-carro… parecia estar a alucinar… Não dizia coisa com coisa, ela dizia: ele foi-se embora, ele foi-se embora. – Disse Numi tentando imitar a voz da Patty.
Sentia o meu corpo a gelar… enquanto me consumia na escuridão e na solidão.
Enquanto a tristeza me devorava por dentro e por fora… sim eu estava só. – Pensava a Patty angustiada estendida no sofá.
A mãe metendo a mão na testa da Patty: Mas ela está a arder em febre… precisamos de ir já para o hospital!
A Patty acorda: Onde estou?
Numi: Já acordou…
Patty: O que é que se passou?
Numi: Não sei, eu encontrei-te na paragem…
Tinhas logo de me lembrar disso? – Disse a Patty em pensamento.
Patty: ah… pois – Respondeu desanimada.
Mãe: Mas afinal o que estavas a fazer na paragem querida?
Patty: bem… é que, está a doer-me a cabeça vou para o meu quarto.
Mãe: está bem querida, vê se descansas…
Numi: isso descansa. Adeus senhora Sanae…
Mãe: Adeus Numi obrigada.
Numi: não tem de quê.
O que se terá passado? Bem vou à casa dos Tsubasa… para a Patty estar assim só pode ter a haver com o Oliver…- Pensava a Numi.
A Numi bate à porta da casa da família Tsubasa, quem abre a porta é a mãe do Oliver, parecia ter acabado de chorar.
Numi: Boa noite senhora Tsubasa peço desculpa de vir incomodá-la a esta hora… mas queria fazer-lhe uma pergunta… é que hoje quando encontrei a Patty ela estava muito mal, e…
Senhora Tsubasa: Numi… o Oliver foi para o Brasil…
Numi: O quê? Isso explica tudo… Mas porque é que ele não quis despedir-se de nós?
Senhora Tsubasa: ia ser demasiado complicado para ele…
Numi: percebo senhora Tsubasa, fico triste… Mas pense que ele foi para lá para realizar o seu sonho…
Senhora Tsubasa: Obrigada Numi.
Numi: Bem agora tenho de ir até amanhã senhora Tsubasa.
Senhora Tsubasa: Adeus Numi.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

9º Capítulo - Visitas - fanfiction "Cada Dia Que Passa"

Umas horas depois…

A Patty já se encontrava na sala após parto a descansar, e o Oliver a dormir na cadeira ao lado.
A Patty estava a falar com a menina: Mia estás a ver? Aquele é teu pai… não é maravilhoso? – A menina de repente fecha os olhos e parece que sorri. A Patty fica maravilhada.
O Oliver acorda: Olá amor, como estás?
Patty: cansada, mas estou com os meus bebés por isso estou bem.
Oliver: É melhor dormires… eu dou conta deles.
Patty: Está bem…
Oliver: Isso dorme, meu amor descansa.
O Oliver pega delicadamente na Mia e diz: Olá fofinha… és linda! Como a tua mãe.
A Mia adormece nos braços do Oliver, ele deita-a no berço e faz uma festinha a cada um ao Peter, ao Alex e à pequena Mia. Senta-se de novo na cadeira olha para a Patty a dormir, sorri… e adormece a fazer-lhe festas no cabelo.
De Manhã…
A Patty acorda e sente a mão do Oliver pousada no seu cabelo, ela pega na mão dele dá-lhe um beijo e faz-lhe uma festa na cara: amor… amor, acorda… quero ver os meus meninos.
O Oliver acorda: Bom dia! Sim claro.
O Oliver pega nos dois rapazes e dá-los à Patty, de seguida pega na menina e pousa-a no colo da Patty. A Patty dá um beijo a cada um, e por ultimo dá um beijo ao Oliver; este é mais intenso e prolongado. De repente entra a enfermeira e os dois ficam muito envergonhados. A enfermeira diz: Desculpem, não sabia que já estavam acordados. Era só para avisar que têm visitas…
Patty: ok deixe-os entrar.
Começa um mar de gente a entrar e para espanto do Oliver o Benji também tinha vindo de propósito da Alemanha para os ver.
Oliver: Benji!!!
Benji: Olá Oliver!
Oliver: Benji vieste!
Benji: claro que vim! Não ia deixar de ver os teus pestinhas… Então há algum jogador de futebol?
Oliver (brincalhão): sim, o Peter e o Alex, ainda te vão marcar um golo Benji Price. Ahahahah!
Benji: vai sonhando, melhorei muito nesta temporada que estive na Alemanha.
Oliver: Boa. Olá a todos. Mãe, Pai, Bruce, Toby está cá toda a gente!
Toby: Então Oliver onde estão os meus sobrinhos?
Oliver: estão aqui.
Benji: Bem são mesmo parecidos contigo, e a pequenina é mesmo parecida com a Patty.
Bruce: Não são nada, eles são parecidos é aqui com o tio Bruce! É por isso que são lindos!
Benji: ahah vai sonhando!
Toda a gente: ahahahah.
Toby: Esperemos bem que não! Não queremos mais um trapalhão na selecção Japonesa! Ahahahah.
Daichi (irmão mais novo de Oliver): Buce acho que não tens lá muita razão, eles xão muito pacidos com o meu mano! Não é contigo! Ahah.
Pai do Oliver: é Bruce, olha que as crianças não metem. Ahahahah!
Bruce: Fogo tinham de me estragar o dia…
Todos: ahahahah!
Numi: como se chama mesmo a pequenina? É adorável…
Patty: Vai chamar-se Mia. Sim ela é muito querida. Não é Oliver?
Oliver: sim, São as duas! São as mulheres da minha vida.
O Oliver beija delicadamente a Patty, mas o beijo é bastante longo e suave.
Bruce (com uma tosse cúmplice): ah… está aqui gente.
O Oliver e a Patty ficam de novo envergonhados.
Benji: Bem Bruce é melhor deixar-mos os pombinhos a namorar…
Bruce: é melhor, bem então adeus meus pestes. Adeus a ti também Oliver, sabes Patty ficas bem de mamã ahahahah.
Patty: Bruce Ishizaki!
Bruce: Pronto, pronto já me calei!
Todos: Adeus!
Deixam o Oliver e a Patty a sós e cá fora:
Bruce: ai estou tão desolado!
Benji: Então porquê Bruce?
Bruce: Não arranjo ninguém… estou tão só…
Benji: bem… Bruce… a beleza não calha a todos…
Bruce: Olha quem fala! Tu também não tens ninguém!
Benji: bem… eu…
Bruce (desesperado): Não! Tu também, isto só a mim!
Benji: Oh Bruce não fiques assim, prometo-te que te deixo tentar marcar – me um golo!
Bruce: Aceito! Vamos lá ver o guarda-redes imbatível! Campo de Futebol já!

sábado, 18 de setembro de 2010

Resultados da sondagem

Bem pessoal vamos desvendar o "mistério".
Tsubasa quer dizer ... Asa.
82%  dos nossos leitores diz que é Asa (resposta correcta) que se confirma na afirmação de Roberto: " Tsubasa quer dizer asa, usias para voar pelo Mundo!"
11% diz que é Bola,
5% diz que quer dizer Terra.


Obrigada por votarem!

a nova sondagem da semana está ai!! votem tambem...

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

5º Capitulo - fanfiction "Juntos Para Sempre" - Uma Má Notícia

Chegam ao colégio e antes de aparecerem para toda a gente ela desce e começam a andar…
Bruce: Então chegaram ao colégio os dois juntinhos?
Oliver: Cala-te Bruce! Já te disse para parares com isso.
Bruce: pronto… ficou nervoso o menino.
Patty: Bruce, não ouviste o Oliver?
Bruce: ouvi e depois?
Patty: supostamente era para parares de seres parvo… Mas acho que isso é impossível…
Bruce: O quê? REPETE O QUE DISSESTE!
Oliver: Vá meninos já chega!
Trim-----------m ─ estava a tocar para entrar.
Na sala de aula…
Professora: Bom dia turma! Vamos fazer a chamada… Bruce Ishizaki
Bruce: presente.
Professora: Oliver Tsubasa… Oliver Tsubasa…
Oliver: ah… presente.
Professora: Patrícia Sanae.
Patty: presente.
Professora: Numi Sugimoto… Sugimoto? Que estranho não está… Bem continuemos.
Patty (para a Yukari): é estranho a Numi não ter aparecido…
Yukari: pois é…
Professora: qual é a raiz quadrada de 25 Bruce?
Bruce: bem… a raiz quadrada de 25 é… é… não sei senhora professora.
Professora: Humm então e tu Oliver?
Oliver: ahh… pois… ah… raiz quadrada… é…
Patty: Eu sei a resposta senhora professora, é cinco.
Professora: está correcto… mas eu perguntei ao Oliver… e ele estava desatento, não é?
Oliver: Desculpe senhora professora, não voltará a acontecer…
Professora: bem vamos prosseguir com a aula.
Ouve-se o toque, é hora do treino.
Oliver: chegou a hora dos treinos. Vens Patty?
Patty: sim.
No treino:
Treinador: rapazes vão fazer uma peladinha está bem?
Equipa: Certo!
Começam a jogar… e aparece a Numi: Força rapazes! Força!
Patty: Numi, porque faltaste à aula hoje de manhã?
Numi: bem, por nada, vamos ao trabalho?
Patty: sim!
Treinador: têm 5 minutos para descansar!
A Numi chega ao pé do Oliver: Oliver, tenho de te dizer uma coisa…
Oliver: Diz Numi.
Numi: bem… Passei toda a noite a pensar e… os meus sentimentos por ti desapareceram… e percebi que o que eu quero fazer mesmo é ajudar esta equipa! Neste momento gosto muito de futebol… tal como tu. Ao início só entrei para a equipa por ti… mas agora gosto mesmo disto e é aqui que eu quero continuar!
Oliver: Numi… és uma grande amiga.
Treinador: acabou o intervalo!
Começaram a jogar de novo.
Acabou o jogo, e por sinal o treino.
Treinador: acabou por hoje rapazes.
Equipa: certo!
Numi: estão muito empenhados… até dá gosto vê-los assim…
Patty: é tens razão estou muito orgulhosa de todos…
Numi: Eu também. Bem até amanhã Patty.
Patty: Adeus Numi. Eu fico mais um pouco…
Numi: sim. Até amanha.
O Oliver ainda estava a treinar alguns remates à baliza, os outros já tinham ido para os balneários.
A Patty avança na direcção do Oliver: Oliver…
Oliver: Patty… bem eu vou ficar mais um pouco a treinar os remates… e tu?
Patty: Eu ajudo-te…
Oliver: muito obrigado Patty.
Patty: … ah… Oliver Quando é que vais para o Brasil? – Pergunta receosa.
Oliver: bem… eu vou-me embora para o Brasil daqui a três dias…
Patty: O quê? Já? Não pode ser… Oliver… – ela corre para os braços do Oliver a chorar – Oliver vou ter tantas saudades tuas!
Oliver: Patty… desculpa fazer-te sofrer assim.
Patty: Tu não tens de pedir desculpa, é o teu sonho… Oliver. Eu amo-te mas não posso pedir para ficares comigo… seria demasiado egoísta.
Oliver: Patty, eu não te quero deixar mas…
Patty: tens de realizar o teu sonho… eu sei disso. E tencionas contar aos outros quando te vais embora?
Oliver: Não… não quero que venham todos despedir-se de mim.
Patty: Mas…
Oliver: Por favor Patty não contes a ninguém que eu me vou embora dentro de três dias está bem? Fazes isso por mim?
Patty: sim, eu faço… Mas Oliver… Vou passar anos sem te ver…
Oliver: Patty… eu prometo que escrevo todos os dias. Um sentimento como o nosso não pode acabar assim… Amo-te tanto Patty.
Patty: Oliver…
Os dois beijam-se, é um beijo intenso e apaixonado.
Oliver (limpando as lágrimas da Patty): Prometo que nunca te vou esquecer!
Patty: eu também nunca te vou esquecer Oliver.
Ele abraça-a.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Estimados leitores

Bem com o regresso às aulas... será dificil postar no blog.
Por isso os videos, as fanfcitons e as sondagens seram postadas, mas nao com tanta frequencia.
Espero que possam compreender.


Com os melhores cumprimentos
A Administradora do Blog:

Ana Rita Silva

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Imagem da semana





A Nossa imagem da semana está aqui!

9 Meses Depois - 8º Capítulo - fanfiction "Cada Dia Que Passa"

A Patty de repente grita: ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Oliver: Patty! O que foi??!! O que se passa??!!
Patty: as águas! Rápido temos de ir para… ahhhhhhhhhhhh… hospital!
Oliver: Sim… sim pois claro o hospital!
No carro:
Patty: é agora Oliver, vamos saber se são meninas ou meninos…
Oliver (bastante nervoso): pois… meu amor.
Patty: ahhhh
Oliver: respira – ao dizer isto ele respira também, porque também está muito nervoso.
No hospital:
Patty: Oliver respira! Vai correr tudo bem amor…
Oliver: (respira fundo) amor estamos quase a chegar ao bloco de operações.
Patty (a respirar): ahhhhhhhhhhhh
Oliver: Ai Meu Deus! Meu amor.
Entram no bloco de operações.
Patty: ahhhh… ahhhhhhh.
Oliver: calma meu amor, o doutor já chegou.
Doutor: respire fundo… se calhar é melhor respirarem os dois fundo…
Os dois obedecem.
O Oliver está a segurar a mão da Patty.
Doutor: agora faça força.
Patty: ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Doutor: mais uma vez.
Patty: ahhhhhhhh
Ouve-se um choro de um bebé.
Patty: O meu bebé!
Oliver: O meu menino!
Doutor: ahh… é uma menina.
Oliver: Uma menina?
Patty: Uma menina!!!
Oliver: Boa uma menina, a minha menina!
A Patty grita de novo.
Doutor: vai ter de fazer força de novo…
Oliver: coragem.
A Patty acena com a cabeça e a Patty faz o maior esforço possível.
Ouve-se outro choro.
Oliver: Então doutor?
Doutor: é um rapaz.
Oliver: Um menino!!
Patty: O meu jogador de futebol!
O Oliver olha para ela com um sorriso deslumbrante.
Doutor: Bem faça força de novo.
Patty: ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh
De novo se ouve um choro.
Doutor: é outro rapaz… forte e saudável.
Oliver: Posso pegar-lhe?
Pega no bebé ao colo.
Oliver: Lindo! Dois rapazes e uma menina! Posso pedir-lhe uma coisa doutor?
Doutor: sim claro.
O Oliver pega na máquina fotográfica e diz: Pode tirar-nos uma foto?
Doutor: sim.
A Patty a segurar nos dois rapazes e o Oliver na menina.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

4º Capítulo - O Parque - fanfiction: "Juntos Para Sempre"

As horas passaram e passaram, quando o Oliver olha para o despertador: O quê!? 7:00h?
Desce as escadas a correr: Mãe, mãe o pequeno-almoço já está pronto?
Mãe (ensonada): o quê? Já estás acordado?
Oliver: vá lá mãe faz o pequeno-almoço! Por favor…
Mãe: Pronto está bem, está bem, menino apressado…
Oliver: Obrigado mãe, enquanto fazes o pequeno-almoço eu vou vestir-me.
Mãe: está bem, só não percebo porquê essa pressa toda…
Ele já tinha subido.
Em casa da Patty:
Patty: O pequeno-almoço mãe? Já está pronto?
Mãe: sim, podes descer.
Na casa dos Tsubasa…
Mãe: O pequeno-almoço já está pronto, podes descer!
O Oliver desce e toma o pequeno-almoço a correr.
Mãe: Porque estás assim? Pareces eléctrico…
Oliver: bem é que… eu depois explico-te. Agora tenho que ir.
Levanta-se, pega na mala: Adeus mãe até logo!
Mãe: até logo porta-te bem!
Ele já tinha saído disparado pela porta.
Em casa da Patty:
Patty: até logo mãe.
Mãe: até logo.
Quando a Patty chega ao portão, o Oliver já está lá à espera dela,
Oliver: estás atrasada…
Patty: Eu?! Como?
Oliver: calma estava só a brincar contigo.
Patty: Tonto!
Os dois sorriem e olham um para o outro.
Oliver: Bem ainda é cedo, queres ir dar uma volta pelo parque?
Patty: sim pode ser.
No parque:
Oliver: sabes, ontem não preguei olho a noite toda. Só pensava em ti, no nosso beijo e no teu abraço…
Patty: Eu também, não consegui dormir, não sais da minha cabeça. Amo-te tanto…
Oliver: Oh Patty. Eu amo-te.
São como ímanes, aproximam-se cada vez mais, beijam-se de novo mas desta vez o beijo é mais longo e intenso… Quando se afastam:
Oliver: é impressionante… cada dia que passa eu amo-te cada vez mais…
Ambos sorriem.
A Patty passa levemente os dedos pela cara do Oliver, ele pega-lhe na mão e encosta-a ao peito: Vês como o meu coração bate neste momento Patty? Quase que sai pela garganta. Tu fazes o meu coração bater a mil, desnorteado… Amo-te Patty!
Patty: Também te amo… mas tu vais-te embora para o Brasil daqui a alguns dias… e eu vou ter tantas saudades tuas. Nunca te irei esquecer… Mas eu também não te posso prender aqui… tens de seguir o teu sonho de te tornares o melhor futebolista de todos os tempos…
Oliver: Patty… eu também vou ter muitas saudades tuas… Vais estar sempre no meu coração… Obrigado por me compreenderes… Vou-me tornar no melhor do mundo por ti Patty!
Patty: Oliver… - começa a chorar, e abraça-o.
O Oliver retribui o abraço.
Oliver: Patty odeio ver-te assim, e perceber que sou eu o motivo de tu estares a sofrer…
Patty: Oliver…
Oliver: Odeio ver-te assim triste, angustiada e abatida – limpa as lágrimas à Patty – já chega de choradeira, agora sorri… meu amor… sorri.
A Patty sorri.
Oliver: Adoro-te.
E faz uma festa à Patty. De repente olha para o relógio: Oh não, Vamos chegar tarde! E agora?
Patty: temos de correr. Mas tu és mais rápido que eu!
Oliver: Humm já sei! Sobe! – Ele estava a dizer para ela subir às cavalitas…
Patty: han?
Oliver: sobe a sério…
Ela sobe e ele começa a correr.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

O Trio Maravilha (7º capitulo - Fanfiction "Cada Dia Que Passa")

Desculpem a demora... mas está aqui mais um capitulo da fanfiction Cada Dia Que Passa... sim é o titulo dela. É o capitulo a segui ao capitulo "A Notícia".


Oliver: Bom dia (a fazer festinhas à Patty)

Patty: bom dia Oliver!
Oliver: vamos ao médico.
Patty: ok.
Quando chegam ao consultório…
Doutor: bem vamos fazer uma ecografia.
A primeira ecografia… a Patty deitada o Oliver a segurar na mão dela, ouvindo o som dos batimentos cardíacos dos pequeninos.
Oliver: então doutor?
Doutor: tenho uma novidade para vocês… vão ter trigémeos.
Oliver: wooow.
Patty: que bom trigémeos, vão ser jogadores de futebol!
Oliver (com um sorriso rasgado): Vai ser o trio maravilha! Obrigado senhor doutor.
Doutor: Não têm de quê! Sejam felizes…
Patty: muito Obrigada, vamos?
Oliver: sim vamos…
No caminho para casa…
Oliver: Patty vou telefonar à malta a dizer que vamos ter trigémeos…
Patty: sim… eu vou telefonar à Numi para ela ir lá a casa…
Oliver (ao telefone): Olá malta! Novidade… Bruce, Toby vão ser tios três vezes!
Toby: Fixe!
Bruce: três dores de cabeça… acho que aguento eheheh!
Toby: três Oliver’s.
Oliver: bem ainda não sabemos se são rapazes ou raparigas… mas nós preferimos só saber o sexo dos bebés no parto…
Artur: ahhhhhhhh nãoooo!!!!!!!!!!!! Três Patty’s! Não!
Oliver: Artur… não digas isso… o que vale é que ela não ouviu, está ao telefone com a Numi. Bem vou ter com vocês ai ao campo malta!
Patty (ao telefone): Espero por ti Numi, Beijos.
Oliver: Adeus amor (dá-lhe um beijo) fica bem…
Patty: A Numi chegou, adeus amor.
Em casa:
Numi: Patty felicito-te de novo! Que lindo trigémeos…
Patty: Nem sabes o Oliver ficou todo feliz…
Numi: O meu Toby ficou muito feliz por ser tio! O Oliver imagino… pai de trigémeos!
Patty: sim ele ficou super feliz!
Campo de futebol da cidade de Nankatsu:
Toby: Malta… tenho de vos dizer… uma coisa.
Oliver: Diz!
Toby: bem… é que… eu… vou… casar-me.
Oliver: ahah boa!
Toby: quero que sejas o padrinho.
Oliver: mas é claro! Conta comigo!
Em casa:
Numi: queres ser a madrinha?
Patty: Claro!
Numi: talvez nessa altura já tenhamos meninos ou meninas das alianças.
Patty: é só esperar 9 meses, não é assim tanto.
Numi: só nos vamos casar daqui a alguns meses…
Patty: Boa, mas daqui a alguns meses eles ainda vão ser bebés de colo!
E riem-se as duas.
Numi: Como é que vão ter colo suficiente se são três?
Patty: O Oliver vai ser um pai babado... acho que ele consegue dar colo a todos ahahahah.
Campo de Futebol da cidade de Nankatsu:
Oliver: passa a bola Toby!
O Oliver está em posse da bola. Faz uma centena de fintas fantásticas e marca golo.
Toby: bem Oliver continuas em plena forma!
Entretanto a Patty e a Numi tinham chegado.
Patty: Golo do pai mais babado do Mundo! Força Oliver!
Oliver (para o Toby): Parece que já temos claque! Sabes Toby isto faz-me lembrar os velhos tempos…
Toby: é, tens razão! Quando jogávamos juntos na New Team…
Oliver: sim…
O Oliver avança com a bola e marca outro golo com um pontapé de bicicleta fantástico.
Patty: BOA CONSEGUISTE!
Toby: Em plena forma…
Bruce: È natural deve ser muito bem tratado…
Toda a gente: ahahahah
Patty: Bruce Ishizaki é melhor calares-te, senão chego-te a roupa ao pêlo!
Bruce: Sim senhora Tsubasa! Ahahah
Oliver (Brincalhão): ouviste Bruce… se eu fosse a ti tinha cuidado!
Toda a gente: ahahahah!
O jogo continua com uma jogada fantástica entre o Oliver e o Toby que infelizmente não acaba com um golo, o Alan defendeu. Todos ficaram bastante admirados.
Alan: O que foi? Andei a treinar.
Oliver: Pois treinaste e fizeste tu muito bem!
Alan: Obrigado Oliver.
Oliver (para o resto da equipa): Então, vamos lá marcar golos malta!
O jogo acabou… toda a gente se dirige para casa.
Bruce: Até manhã pessoal!
Oliver (de mão dada com a Patty): até amanha malta!
Bruce e os outros: adeus!
No caminho para casa:
Oliver: já te disse hoje que te amo?
Patty: não…
Oliver: Eu amo-te Patty.
E dá-lhe um beijo. Sorriem os dois…
Quando chegam a casa a Patty corre à casa de banho e vomita.
Oliver: estás bem? Amor estás bem?
Patty: sim estou.
Oliver: é melhor ires deitar-te.
Patty: sim, é melhor. Vou indo…
Oliver: Eu já lá vou ter… Vou só tomar um duche.
Patty: está bem. – Encaminhando-se para o quarto.
Quando o Oliver chega, vai ter com ela: Já está a dormir… (sorri). Devia estar super cansada…
O Oliver deitasse ao pé dela fazendo-lhe festas no cabelo e dá-lhe um beijo ao de leve nos lábios. Adormece.
No dia seguinte:
O Oliver acorda: Patty? Patty? Onde estás?
Patty: Calma Oliver estou aqui. (ela estava à janela)
Oliver: amor - (dá-lhe um beijo) Em que pensas?
Patty: bem estou a pensar nos nomes…
Oliver: ah… nomes. Hum… Patty ainda temos muito tempo!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

O Primeiro Beijo (3º capítulo - fanfiction "Juntos Para Sempre")

Depois de fazer alguns remates à baliza:
Oliver: já é tarde, vens?
Patty: sim.
No caminho para casa:
Oliver: Patty queres jantar hoje em minha casa?
Patty: bem… eu… sim pode ser.
Oliver: Então anda (e dá-lhe a mão)
Quando chegaram a casa do Oliver:
Mãe: Isto são horas?
Oliver: Desculpa mãe, fiquei a treinar… A Patty pode jantar cá?
Mãe: sim filho. Queres Patty?
Patty: hum… sim obrigada.
Quando se sentaram à mesa não paravam de trocar olhares.
Hum passa-se aqui qualquer coisa… não param de olhar um para o outro… - pensava a mãe do Oliver.
Quando acabaram de jantar.
Mãe: Não queres que te leve a casa querida?
Patty: Não, não é preciso incomodar-se…
Oliver: Eu levo a Patty a casa mãe…
Mãe: humm… está bem, mas tem juízo.
Oliver: sim mãe. Vamos Patty?
Patty: ah… sim.
No caminho para a casa da Patty…
Todo o caminho vão a olhar um para o outro.
Quando chegam ao portão da casa da Patty o Oliver pega na mão dela, olha para baixo envergonhado e volta a olhar para a Patty e diz: Patty, neste momento consumo-me em chamas por dentro, eu só quero estar contigo…
Patty: Oliver… eu também só quero estar contigo.
Os dois não se tinham apercebido do quão perto estavam um do outro, o Oliver afasta uma madeixa do cabelo da Patty, tinham o olhar fixado um no outro, ele aproxima-se ainda mais… e os dois beijam-se. O beijo é apaixonado, carinhoso, suave, mágico e ao mesmo tempo fogoso.
O Oliver afasta-se e sorri.
Patty: ah… eu t-t-tenho que ir… vemo-nos amanhã.
Oliver: ah… pois… eu também tenho que ir.
A Patty dá-lhe um beijo rápido e tímido na cara e esgueira-se pelas escadas a cima.
Quando o Oliver chega a casa…
Mãe: Então filho? Oliver… Oliver responde… Oliver!
Oliver: ah… o quê? O que é que foi mãe?
Mãe: estás estranho…
Oliver: eu estranho? Não… ah… eu vou dormir.
Mãe: está bem.
O Oliver sobe as escadas e prepara-se para dormir. Deita-se, mas dá voltas e voltas na cama, não conseguia pregar olho… só pensava na Patty e no beijo.
Passava-se o mesmo com a Patty, passaram toda a noite acordados.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Captain Tsubasa - Road to 2002



Bem como alguns de vós têm muitas dúvidas sobre esta série (Captain Tsubasa - Road to 2002) aqui vai um post sobre ela.


É a última série produzida, é composta pelo remake da etapa primária, secundária, seguidas do campeonato mundial juvenil sub-16, a história de Tsubasa no Brasil contra Carlos Santana, e a última parte, que conta a história em que Oliver vai para Espanha (mais precisamente Barcelona) para garantir vaga no Catalunha, mas tem que provar que pode jogar ao lado do grande jogador brasileiro Rivaul. Tal como aconteceu em Captain Tsubasa J, a série termina quando começa o Mundial sub-19 com sede no Japão, mas desta vez com um pequeno resumo da final do Mundial, Japão contra Brasil.

Episódio 1 - CT Road to 2002 - "O caminho para o sonho" parte 2

video

Episódio 1 - CT Road to 2002 - "O caminho para o sonho" parte 1

video